terça-feira, 8 de maio de 2007

Taggear carbono....

Macintosh vs PC

Linux - Windows - Mac OS

Adsl - Discada - Cabo

Assim é a internet, cheia de divisões, mas um universo sem fronteiras. É como um enorme subúrbio americano, desses de filme de Hollywood, com um monte de casinha, só que são todos diferentes, e não têm cerca. É, não têm mesmo cerca. Só que todos se falam, de um jeito ou de outro, através das ruas que cruzam essas casinhas. Agora, é um fato: Algumas são bem caras, outras mais baratas. Algumas têm janelas, outras tem macieiras e outras têm pingüins na geladeira. Alguns moradores são sempre apressados, outros nem tanto. Uns com muito, outros com pouco e por ai vai. Mais ou menos como a vida no carbono...

Microsoft e Apple sempre dominaram a produção conceitual das maquinas que nos transportam para o digital. A impressão que fica é que existem dois tipos de maquinas: PC e Mac. Depois a gente pode separar por usuários: Heavy-Users, Developers, Hackers, single users... tudo determinado por um conjunto de informações como: maquina+conexão+sistema operacional.

Hoje sabemos que as unidades de carbono começam a ser diferenciadas cientificamente quando transportadas para o universo digital. Acho isso simplesmente fascinante. Rompe uma barreira preconceitual: hoje, não se pode apontar as diferenças, é preconceito. Mas é interessante afirmar diferenças no mundo digital. Lá, posso classificar; ja no carbono, isso é preconceito.

No que será que isso vai dar? Acredito que as pessoas possam enxergar isso apenas como uma diferenciação, que não significa muito, mas ajuda a entender. Ajuda a classificar, a reunir por pariedade. Mas nada disso significa segregar, distanciar, separar ou limitar. Significa apenas identificar.

1 Comment:

erica said...

já consigo vislumbrar algumas identificações classificatórias: dois grandes gêneros: identidade cultural e identidade de gosto de consumo. provavelmente o primeiro gênero vai levar mais tags como humor, tosco, feio, burro..., já o segundo gênero terá mais as tags: celular, tecnologia, moda, saúde, beleza...com certeza a gente transpõe para a internet esse mundo dos carbonos. gostei muito dessa blogada!